A arte de unir pompoarismo e siririca

stephanie


Desde que eu iniciei minha vida sexual há seis anos, ouço falar de
pompoarismo. Durante muito tempo, achei que era aquela prática que as mulheres fazem de cortar frutas com o músculo da vagina. Pena que não estudei mais sobre o assunto, teriam me economizado muitos orgasmos perdidos…

Há um tempo atrás, trocando ideia com a ex de um amigo, descobri uma dica genial para fazer inclusive durante a masturbação: contrair a musculatura pélvica e só relaxar quando for gozar. Sabe quando a gente quer muito fazer xixi e contrai tudo para não escapar? Isso aí é musculatura pélvica, e pasmem, descobri anos depois que também pode ser pompoarismo. O importante é contrair esses músculos responsáveis por segurar o xixi (e o cocô, diga-se de passagem), sem contrair a barriga e o bumbum em si, apertar as pernas ou segurar a respiração. Parece doideira né?

Para contextualizar e fazer cair por terra qualquer resquício leigo que ainda houver, explicarei o pouco que sei dessa técnica maravilhosa. Basicamente é o treino de fortalecimento da musculatura que fica dentro do osso do quadril (sim, é a mesma que contrai quando a gente goza!).

Os exercícios podem ser feitos de diversas maneiras e auxiliam desde o aumento do prazer feminino até a facilitação do parto normal. Alguém já viu casos de tossir, espirrar ou rir muito e acabar escapando um pouquinho de xixi? Pois isso é comum no universo feminino, e não deveria ser. Esses exercícios inclusive podem ajudar muito nisso, já que fortalecem a musculatura responsável por segurar o xixi dentro de nós enquanto não queremos que ele saia.

Eu, na minha mania de #DIY em tudo nessa vida, aprendi alguns exercícios em casa que vou compartilhar aqui no Xotanás. No começo, pode parecer difícil, mas lembrem-se que o objetivo inicial é tomar consciência desses músculos e fazê-los ficar fortinhos para que a gente goze muito mais gostoso, ok?

1) Durante algum momento do dia, específico para isso ou não, contraia e relaxe a musculatura. Pode ser enquanto tiver estudando, ou assistindo TV, ou tomando banho, ou trabalhando… O importante é sentir sua musculatura ficar contraída por alguns segundos e relaxá-la, e repetir esse exercício algumas vezes seguidas.

2) Quando estiver fazendo xixi, interromper a saída do líquido e segurar por uns três segundos pelo menos (Nota:  esse exercício deve ser feito apenas inicialmente para descobrir quais músculos usar. Fazê-lo rotineiramente pode levar ao esvaziamento incompleto da bexiga. Aí os resíduos de urina se acumulam e as consequências podem ser uma baita duma infecção urinária. Aff). 

3) Com ajuda de algum lubrificante (já falei que pode ser lubrificante comprado mesmo, óleo extravirgem, líquido vaginal natural ou cuspe?), massageie a região que fica entre o ânus e a vagina, escorregando o dedo para dentro do canal vaginal. Essa técnica é mais para sentir a musculatura e pode (e deve!) ser feita durante a masturbação.

4) Essa talvez seja a dica mais importante: durante a masturbação mesmo, logo quando estiver gostosinho, contraía a musculatura. Pode contrair o bumbum, enrijecer as pernas, e o que mais te ajudar nesse momento. Quando a coisa tiver bem incontrolável, quando tiver muito muito gostoso, relaxa toda a musculatura que a gozada fica incrível! Eu costumo dizer que isso é uma prática que me faz concentrar o prazer ali dentro de mim, e que quando eu solto ele passa loucamente pelo meu corpo todo. Como todas as outras dicas, no começo vai ser mais difícil segurar e mais difícil perceber o prazer relacionado à segurada em si, mas com a prática tudo fica mais legal!

Lembrando que prazer e masturbação não tem manual de instruções. Essas são dicas que você pode testar e ver se compensam ou não usar na sua vida. Aproveite muito pra se conhecer e pra usar toda a potência que nós mulheres temos para gozar. E depois que fizer uso das dicas, me conta como foi, tá?

Texto escrito pela colaboradora Manu do BairroDo lado feminista, esquerdopata e geminiano da força. É psicóloga nas horas livres e mãe em tempo integral. Tem certeza que esse bairro dela fica entre o mundo da lua e os países orientais. Adora boas doses de orgasmo e amor, não necessariamente no mesmo copo. No mais, passa vergonha no twitter em @_emanuelly.

Ilustração da artista americana Stephanie Sarley. Confira mais trampos no Instagram dela.

3 comentários sobre “A arte de unir pompoarismo e siririca

  1. Susan disse:

    Eu percebi que essa musculatura acaba se fortalecendo com exercícios de twerking. xDD Que são super divertidos hahahahhaha Assim, pode ser q eu tenha relacionado as coisas por motivos não lógicos muito doidos, mas eu tenho certeza do seguinte fato: ficou muito mais fácil pra mim ter consciência e controle desses músculos depois que comecei a fazer esses exercícios. E Também aqueles exercícios abdominais que trabalham a parte baixa do abdomem (tipo deitar no chão e levantar as pernas até 90 graus e depois descer até quase tocar o chão e repetir ad infinitum). Inclusive. Pasmem. Uma vez eu até gozei fazendo abdominal em cima da bola de pilates :OOOOOOO True story.

    • Maga disse:

      Acredito mesmo que você tenha gozado fazendo abd em cima da bola de pilates! Eventualmente quando a minha instrutora de pilates pede um exercício abdominal e que também trabalha a musculatura pélvica (é um exercício específico no aparelho chamado ‘reformer’), sempre acabo ‘feliz’! xD
      hahahahahah

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *